Reinaldo

Reinaldo Gonçalves Zacarias, mais conhecido como Reinaldo, O Príncipe do Pagode (Rio de Janeiro, 09 de novembro de 1954) é um cantor e compositor brasileiro.

Nascido no bairro de Cavalcanti, Reinaldo era frequentador da Em Cima da Hora, escola de samba do bairro, famosa por imortalizar o samba-enredo Os Sertões.
Criou o grupo “O Samba Nosso de Cada Dia” para alegrar festas e eventos até que começou a acompanhar gente de peso no Samba como Dona Ivone Lara, João Nogueira e Roberto Ribeiro.

Paralelo à música, Reinaldo era bancário do Citibank. Até que em 1982 abandona o emprego, se muda para São Paulo, onde se tornaria um dos precursores do pagode na cidade, fenômeno já consagrado no Rio de Janeiro. Na capital paulista, não só foi bem sucedido, como gravou seu primeiro disco “Retrato Cantado de um Amor” (1986) e se tornou conhecido no Brasil inteiro.

O apelido O Príncipe do Pagode, que marcaria eternamente na carreira veio por acaso. Em 1987, um locutor de uma rádio FM do Rio de Janeiro costumava apelidar artistas anunciados por ele. Um dia, ao anunciar Reinaldo, que despontava no cenário musical, o locutor diz: “Reinaldo, O Príncipe do Pagode”.

Em 1987 gravou a música “Aquela Imagem” com a participação especial da cantora Ana Clara. Anos mais tarde no álbum dela gravaram “Quer brincar de amor”.
Como compositor, seu primeiro sucesso foi “Me Perdoa Poeta”, interpretado por Leci Brandão. Em 2011 foi homenageado pelo Jornal Capital Cultural com o Troféu de “Melhor Show de 2010” realizado na casa Parada da Lapa, no Rio de Janeiro.