Sambas de Enredo – Rio de Janeiro (2019)

1
Vários Artistas12.4471.107


Inscreva-se em nosso canal no YouTube e veja nossos variados vídeos.

Músicas do CD Sambas de Enredo – Rio de Janeiro:
01 – G.R.E.S. Beija Flor De Nilópolis – Quem Não Viu Vai Ver… As Fábulas Do Beija-Flor
02 – G.R.E.S. Paraíso do Tuiutí – O Salvador Da Pátria
03 – G.R.E.S. Acadêmicos Do Salgueiro
04 – G.R.E.S. Portela – Na Madureira Moderníssima, Hei Sempre De Ouvir Cantar Uma Sabiá – Xangô
05 – G.R.E.S. De Mangueira – História Para Ninar Gente Grande
06 – G.R.E.S. Mocidade Independente De Padre Miguel – Eu Sou O Tempo. Tempo É Vida
07 – G.R.E.S. Unidos Da Tijuca – Cada Macaco No Seu Galho. Ó Meu Pai, Me Dê O Pão Que Eu Não Morro De Fome!
08 – G.R.E.S. Imperatriz Leopoldinense – Me Dá Um Dinheiro Aí
09 – G.R.E.S. Unidos De Vila Isabel – Em Nome Do Pai, Do Filho E Dos Santos, A Vila Canta A Cidade De Pedro
10 – G.R.E.S. Uniao da Ilha do Governador – A Peleja Poética Entre Rachel E Alencar No Avarandado Do Céu
11 – G.R.E.S. São Clemente – E O Samba Sambou
12 – G.R.E.S. Acadêmicos Do Grande Rio – Quem Nunca…? Que Atire A Primeira Pedra
13 – G.R.E.S. Imperio Serrano – O Que É O Que É?
14 – G.R.E.S. Viradouro – Viraviradouro



Letra:
Oh deusa
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar, a luz do meu viver
O que seria de mim sem você

Oh deusa
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar, a luz do meu viver
O que seria de mim sem você

Nascido feito o rei menino
Em ninho de amor e humildade
Meu pai direcionou o meu destino
Voar nas asas da felicidade
E arrisquei um vôo nesse lindo azul
Um mundo encantado pude recordar
Em fábulas bordei a fantasia
Ê saudade que mareja o meu olhar
Herdeiro dessa terra me tornei
Cantei nossos recantos, tradições
Sou eu aquele festival de prata
Que na pista arrebata tantos corações
Ô ô ô ô axé no sangue herdei
No meu quilombo, todo negro é rei

Abre a senzala! Abre a senzala!
Nesse terreiro o samba é voz que não cala

Cresci, ouvindo acordes entre doces melodias
A bela dama retratada em poesia e o canto de cristal
A simplicidade no amor, aquele beijo na flor
Fez mais um sonho real
Pátria amada da ganância
Eu pedi socorro pelos filhos teus
Algoz da intolerância
Mesmo proibido, fui a voz de Deus
Toda essa grandeza, vem da nossa gente
Que esquece a dor e só quer sambar
É por esse amor que o meu valor me faz brilhar
Comunidade que me ensinou
A ser apaixonado como eu sou
Comunidade que me ensinou
Ontem, hoje, sempre beija-flor

Oh deusa
Tem festa no meu coração
Desfilo toda gratidão
Razão do meu cantar, a luz do meu viver
O que seria de mim sem você




VEJA TAMBÉM:

VALE A PENA CONFERIR: